quarta-feira, 26 de março de 2008

Conto divino...

Alguns me perguntam de onde eu tiro os meus contos... não os tiro de lugar algum, eles brotam perante meus olhos, esses pobres olhos despreparados e desacostumados com as peculiaridades da realidade. Mas hoje percebo que existem exceções... existe também o dia em que algo brota dentro de minha cabeça, e a aula de Física Moderna de hoje, tal como antigas piadas de físicos, são um bocado inspiradoras. Após ver mais transformações de Lorentz para a relatividade restrita e ter uma breve introdução à relatividade geral, conhecer o cone de luz, fora do qual não conseguimos chegar, e ouvir as piadas do nosso querido professor Lucinda, concluo que tenho que escrever algo. Não que sirva para as gerações posteriores, mas porque eu preciso descarregar minha mente.

No princípio era o verbo, e o verbo estava com Deus, e o verbo era Deus. Talvez seja, afinal, a lingüística a primeira ciência (se me permitem chamar assim). E disse Deus:


E houve luz. (...) e criou Deus o homem à sua imagem real (invertida) e semelhança e, para se redimir, criou a mulher. Dizem que usou uma parte do homem apenas para demonstrar que ele poderia fazer o que queria a partir de qualquer coisa. Disse ao homem e à sua mulher: "De qualquer árvore do jardim poderão desfrutar, menos da árvore do conheimento do bem e do mal, pois ela fica fora do cone de luz, região que lhes proíbo". Sim, a ordem estava dada e fora bem acatada. Mas nem tudo é como deveria ser. A oposição, sempre venenosa, enviou sua serpente para lançar a semente do mau entre os pobres humanos, que nada entendiam de física. Dizia ela "Ele apenas proibiu a árvore do conhecimento pois, à velocidade da luz, vocês seriam como ele!". Implementou então a mulher seu próprio acelerador de partículas com árvores silvestres e comeu do fruto proibido. Apreciando o suave sabor que tinham todos os 300.000.000 de metros por segundo, levou o fruto ao homem, que também comeu. A terra se escureceu e Deus perguntava "Onde estão vocês?", e eles diziam "Estamos escondidos pois, à velocidade da luz, somos invisíveis". Então a ira de Deus desceu sobre eles e eles foram expulsos do paraíso. Disse Ele:

"Nunca mais retornarão ao grande Éden! Você, mulher, que atendeu à oposição, nada mais terá de nosso favor. Serás condenada à tabela do ciclo menstrual e às espinhas provenientes destes hormônios! Terás a gravidez de 9 meses e seu filho nascerá com cara de joelho, mas mesmo assim o acharás lindo. Te envio a um mundo com baratas e taturanas, e o homem lhe será não mais o companheiro e sim o consumidor da cerveja e telespectador de futebol. Homem, o amaldiçoo com pêlos volumosos que cultivarás e amarás com sua masculinidade. Sentirás necessidade de ser aprovado pela sociedade como macho com seus músculos, seu odor de comida estragada e sua forma peculiar de coçar certas partes de seu corpo. Sua mulher terá TPM e levará vinte e cinco vezes o tempo que você leva para se arrumar e continuará se achando feia. E você é o responsável por fazê-la se sentir melhor, mesmo que nunca consiga. Terão de apreciar novelas de finais idênticos e terão citologia no ensino básico. Lanço também sobre a terra os políticos que haverão de cobrar-lhes impostos sobre tudo quanto tocarem, farão propaganda em horário gratuito e te entregarão panfletos recheados de conversas sem sentido sobre desenvolvimento e crescimento econômico, tal como promessas de emprego. Terão de suportar o pagode dos vizinhos, tal como conviver com os emos e outra criaturas das trevas. Lançarei sobre vocês a relatividade e os aprisionarei no cone de luz para que nunca mais toquem no divino. Rastejarão por recursos e serão vitimados pelo REUNI e pelas frases de efeito de presidentes que falam palavrões em frente a câmeras. Terão que arcar com as rádios country e com o Brizolla. Agora vão e se espalhem sobre a Terra. Dividirão espaço com os químicos e os engenheiros e até mesmo a proporcionalidade entre força e aceleração será questionada."

Certo, parei por aqui. Eu sei que deveria estar estudando ou fazendo qualquer outra coisa mais saudável, mas foi um desabafo e tanto. Sem mais por hoje.

2 comentários:

Cinthia disse...

Do jeito que a coisa estava se desenrolando, esperava o triplo de texto. Parece que cortou no meio do raciocínio. Como foi a vida de Adão e Eva depois? Como eles lidaram com esses problemas? Se eles acharam alguma solução, não poderiam compartilhar com outras pessoas? Afinal, eles estão aqui desde o in[icio da humanidade.

E que fim levou o REUNI? Nunca mais ouvi falarem nisso.

PS.: Novos posts no meu blog! Confira! (sim, postei mais de 1 de uma vez)

SiL =) disse...

... espero mesmo q o Lucinda NUNCA veja isso! hahahaha